Academia Sénior‎ > ‎

2009/10

ACADEMIA SÉNIOR PROMOVE CICLO DE ESTUDOS Ordens Religiosas, Mosteiros e Conventos na História.

O Ciclo de Estudos que propomos é uma abordagem sucinta ao papel das ordens religiosas na História nacional e local, destacando momentos significativos no campo político, económico, social e enfatizando alguns aspectos da sua relevância cultural.  Trata-se de uma abordagem produzida por historiadores de reconhecido mérito científico e por autores de índole e formação diversa, a maioria sócios do CER. Note-se que é um projecto construído com base no voluntariado e que conta com o apoio de vários parceiros. O programa prevê a realização de conferências, visitas e encontros com autores. É nossa pretensão, para além de estimular a actividade intelectual, promovendo a reflexão e discussão em torno deste tema, fomentar momentos de convívio sadios, entre diferentes gerações. Não tendo a pretensão de esgotar a temática, nem assumir uma atitude confessional, esta proposta de formação assume o risco da polémica e da livre expressão de pensamento, fundamentada em estudos e saberes criteriosos.  

PROGRAMA

19 de Janeiro (17.30 h). Apresentação do Ciclo de Estudos. José Carlos Loureiro, coordenador do projecto.

2 de Fevereiro (17.30h). Conferência. António Matos Reis - Arte Medieval e Ordens Religiosas. [ver resumo em "Sobre as sessões realizadas"]

25 de Fevereiro (17.30 h). Conferência. Armando Borlido - Poder e Ordens Religiosas na Idade Média. [ver resumo em "Sobre as sessões realizadas"]

13 de Março (10 h). Conferência. Henrique Rodrigues - Liberalismo e Ordens Religiosas. [ver resumo em "Sobre as sessões realizadas"]

23 de Março (17.30 h). Conferência. Manuel Inácio Rocha  - Ordens religiosas e educação feminina. O caso vianense. [ver resumo em "Sobre as sessões realizadas"]

6 de Abril (17.30 h). Conferência. José Carvalho - Os Jesuítas e a Primeira República, os Mártires do Regime em Portugal. [ver resumo em "Sobre as sessões realizadas"]

22 de Abril. Visita de Estudo. Visita guiada ao Arquivo Municipal de Ponte de Lima e ao Mosteiro de Tibães (Braga). [ver fotos em "Sobre as sessões realizadas"]  

25 de Maio (17.30 h). Conferência. Gonçalo Maia Marques - A importância dos Mosteiros na afirmação do Vinho Verde. [ver resumo em "Sobre as sessões realizadas"]  

8 de Junho (17.30 h). Conferência. Américo Carneiro - Arte e Sagrado. Uma leitura por um artista do século XXI. [ver resumo em "Sobre as sessões realizadas"]

29 de Junho. Visita de Estudo. Visita ao Convento de Arouca e Museu de Arte Sacra. [ver fotos em "Sobre as sessões realizadas"] 

CONFERENCISTAS

António Matos Reis. Doutor em História da Idade Média. Autor, entre outros títulos, de Origens dos Municípios Portugueses e História dos Municípios (Livros Horizonte, 1991 e 2007).

Armando Borlido. Mestre e Doutorando em História Medieval. Professor e formador de professores na área da educação para a cidadania. Henrique Rodrigues. Doutor em História Moderna e Contemporânea. 

Professor do IPVC. Investigador do GEHVID. Autor de vários títulos.  Manuel Inácio Rocha. Mestre em História Moderna. Autor de diversas publicações de história local e regional. José Carvalho. Mestre em História Contemporânea. Autor de Católicos nas vésperas da I República (Civilização, 2008). Vencedor do Prémio de História Contemporânea Professor Victor de Sá (2007).   Américo Carneiro. Artista plástico.

Expõe com regularidade desde 1984. Está representado em diversas colecções públicas e privadas. Autor de diversos livros. Gonçalo Maia Marques.  Doutorando em História Moderna. Bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian e investigador da Associação Portuguesa de História da Vinha e do Vinho. Docente no IPVC.  José Carlos Loureiro. Mestre em História Contemporânea e Doutorando em Ciências da Educação.

VISITAS

Arquivo Municipal de Ponte de Lima. Inaugurado no dia 4 de Março de 2004, situa-se na Casa do Calvário. Projecto elaborado pela arquitecta Marta Isabel Monteiro da Silva, o Arquivo reúne, numa área de 1113 m2, toda a documentação do Concelho, tendo capacidade para 2 mil metros  lineares.

Mosteiro de Tibães. Antiga casa-mãe dos monges beneditinos em Portugal tem vindo a ser objecto de obras de qualificação, tendo recebido o Prémio Internacional Carlo Scarpa (1998) para o trabalho desenvolvido no jardim pela arquitecta Maria João Dias Costa e, recentemente, o Prémio Miami+Beach 2009, pelo projecto de restauro liderado pelo arquitecto João Carlos Silva.
Convento de Arouca. Fundado no séc. X, o mosteiro albergou a partir do séc. XIII uma comunidade cisterciense que foi adquirindo pujança, particularmente evidente no séc. XVII/XVIII, época em que foi reconstruído e ampliado. 

Tem sofrido obras de restauro e parte das suas dependências estão ocupadas pelo Museu de Arte Sacra.

A entrada nas sessões é livre e sem limites etários. A participação nas visitas implica a inscrição e o pagamento em moldes a anunciar.

Local: Biblioteca Municipal de Viana do Castelo.   Apoios: Câmara Municipal de Viana do Castelo   Biblioteca Municipal de Viana do Castelo  Arquivo Municipal de Ponte de Lima.