Academia Sénior‎ > ‎2009/10‎ > ‎

02

 Sessão de 2 de Fevereiro de 2010. Arte Medieval e Ordens Religiosas, por António Matos Reis.



António Matos Reis centrou a sua apresentação na descrição e análise do estilo designado de Românico, dando particular atenção à realidade do Alto Minho.

Apoiando-se em imagens projectadas das principais obras deste período, existentes ao longo dos Vales do Minho e Lima, o comunicante enquadrou esta realidade arquitectónica e artística no âmbito religioso e da relação de poderes. Referiu-se às experiências eremitas e aos primeiros cenóbios para, de seguida, focar a sua atenção na Regra de S. Bento e na influência que teve na organização e reforma dos principais Mosteiros locais.

Tratou, em particular, das ordens religiosas beneditinas e da reforma cisterciense. Através de uma projecção clara e apelativa, apresentou uma evolução da rede de mosteiros no Alto Minho, dando nota de situações singulares.

Partilhou imagens de várias edificações e pormenores construtivos e artísticos, algumas com redobrado interesse histórico, uma vez que foram captadas há algumas décadas. Revelando alguma exaustividade e preocupação em manter um discurso rigoroso, a apresentação estimulou a audiência para uma futura visita de estudo.

 S. Bento de Núrsia (c.480-c.547), retratado por Fra Angélico.