O que Fazemos

O Centro de Estudos Regionais (CER) foi fundado em 15 de Abril de 1978, sendo-lhe conferida personalidade jurídica por escritura pública outorgada no 2º Cartório Notarial de Viana do Castelo, em 11 de Setembro do mesmo ano.

Desde 1985 considerado Pessoa Colectiva de Utilidade Pública, o CER está vocacionado para o estudo da região do Alto Minho, onde tem diversificado a sua actividade, realizando estudos de carácter económico, histórico, cultural e social com interesse para o nosso desenvolvimento, participando em acções e colóquios da mais diversa natureza, concretizando acções de sensibilização para as questões do património e promovendo intervenções na área do ambiente.

Simultaneamente tem desenvolvido uma importante actividade editorial, quer em edições próprias, destacando-se a publicação do Boletim Cultural/Estudos Regionais, quer em colaboração com outras entidades e autores. De salientar os numerosos estudos realizados pelos associados, os quais serviram muitas vezes de apoio para a defesa dos valores regionais, desde os trabalhos arqueológicos e históricos, aos etnográficos, antropológicos, geográficos e ambientais.

Os associados do CER são pessoas empenhadas nas questões da sua região e do seu país, cuja formação vai desde a escolaridade básica até aos graus universitários, mantendo nas suas fileiras amantes das coisas da sua região, ambientalistas, sociólogos, antropólogos, historiadores, professores, investigadores, corporizam um manancial de reflexão e de acção que muito têm contribuido e contribuirá para o conhecimento e desenvolvimento do Alto Minho.

Resenha histórica